O livro e a representação do mundo

O livro e a representação do mundo.jpg

Le livre et la représentation du monde.

(OTLET, 2008, p. 55)

A teoria do conhecimento de Paul Otlet baseia-se no modelo moderno de representação entre sujeito e objeto. Inicialmente, o sujeito – bibliólogo-documentalista – direciona o olhar consciencioso da inteligência para o mundo exterior e cria o livro para representá-lo. Ao representar o mundo no livro, este ente fica disposto à recepção de seus leitores. O leitor faz nascer em outras inteligências – as diversas consciências distribuídas pela Terra – a representação do mundo e, por meio da obra, prepara as criações humanas. Portanto, o livro é o meio por excelência de representação do mundo e gesta no seu leitor a possibilidade de outras criações.

 

OTLET, Paul. Tratado de Documentação: o livro sobre o livro: teoria e prática. Brasília: Briquet de Lemos, 2018. p. 55.